Universidade Federal de Santa Catarina – Centro de Curitibanos

Arquivo para novembro, 2012

Oficina de Fotografia

– História e Conceito de Fotografia

– Tipos de Câmeras (DSLR, Compactas, Bridge, Mirrorless etc) e Escolha de Câmera.

– As partes e componentes da máquina fotográfica (Obturador, Diafragma, Sensores, Lente, Visor).

– Conceitos Fotográficos (ISO, Velocidades de Disparo, Assunto, Foco, Iluminação, Perspectiva)

– Equipamentos e Cuidados com as Câmeras.

– Dinâmica com fotografia.

– Apresentação de Bibliografia e Fotógrafos conceituados.

Professor:  Gabriel Felip Gomes OLivo

 

Anúncios

Coleta de Lixo na Europa


Imagem

I Encontro de Educação Ambiental e Exposição de Projetos 2012.


Acadêmicos da UFSC em treinamento no Rio de Janeiro

Durante a última semana, sete acadêmicos do curso de Ciências Rurais, do campus da UFSC em Curitibanos, participaram de um treinamento sobre taxonomia vegetal e manejo de coleções científicas, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Orientados pelo professor de Botânica João Iganci e supervisão da pesquisadora do Jardim Botânico do Rio de Janeiro Marli Pires Morim, os alunos dedicaram-se a atividades relacionadas a projetos de pesquisa de iniciação científica, desenvolvidos na UFSC Curitibanos.

$alttext

Fonte: http://www.adjorisc.com.br/jornais/asemana/curitibanos/academicos-da-ufsc-em-treinamento-1.1189151#.UK0qz4dTx3o


Imagem

Consumo responsável, campanha da Rede Terra do Futuro

Consumo responsável, campanha da Rede Terra do Futuro


Estudantes preparam-se para intercâmbio

intercâmbio é um sonho para muitos estudantes brasileiros, seja para aprender um novo idioma ou aperfeiçoamento. No campus da UFSC de Curitibanos, os acadêmicos de Ciências Rurais Gustavo Martini Mafra e Paulo Bai Filho, ambos de 19 anos, estão perto de realizar esse sonho. Eles foram selecionados para um intercâmbio, na Universidad de La República, em Montevidéu, no Uruguai.

Segundo Gustavo, a primeira etapa foi a inscrição online e, posteriormente, a segunda etapa aconteceu em Florianópolis, onde os inscritos passaram por uma entrevista com professores da Secretaria de Relações Internacionais da UFSC. Com a aprovação dos dois acadêmicos, a viagem está prevista para o início de fevereiro do ano que vem e os alunos permanecerão na Universidad deLa República durante seis meses. “Pretendemos estudar disciplinas e projetos relacionados ao nosso curso, para que possamos trazer o conhecimento obtido lá e aplicar em nossas atividades aqui no campus”, comenta Paulo, destacando que as disciplinas que serão estudadas no Uruguai poderão ser validadas na UFSC, sendo, assim, uma grande oportunidade de não perder o período em que estiverem fora.

$alttext

Durante os seis meses de intercâmbio, todas as despesas serão custeadas pela universidade uruguaia e, segundo a professora de Construções Rurais Mônica Aguiar dos Santos, caso haja alguma despesa extra, a UFSC poderá cobri-la.

Gustavo adianta que, durante o período de estudos no Uruguai, ele e Paulo terão um blog diário, para manter a universidade e os demais colegas informados, compartilhando as vivências e experiências obtidas nos estudos. “Agora, a angústia toma conta, mas estamos pensando, principalmente, no planejamento para os estudos”, comenta Gustavo.

Os dois estudantes destacam que a oportunidade de adquirir mais conhecimentos, poder adicioná-los aos estudos do campus e enfrentar novos desafios torna a viagem ainda mais empolgante.

O Grupo PET deseja aos participantes sucesso nessa nova caminhada e que estamos felizes por termos bons representantes do nosso campus em universidade estrangeira.

Fonte: http://www.adjorisc.com.br/jornais/asemana/curitibanos/estudantes-preparam-se-para-intercambio-1.1188632#.UKtbuYdTx3o


Imagem

Consumo responsável, campanha da Rede Terra do Futuro

 Consumo responsável - campanha da Rede Terra do Futuro


Seminário de Educação inclusiva em Curitibanos

Curitibanos sedia, desta segunda (19) à  sexta-feira (23), o 3º Seminário de Educação Inclusiva, que reunirá mais de 90 profissionais de Educação de 20 municípios da região, entre educadores da rede municipal, estadual, particular e universidades. Segundo a coordenadora do programa “Educação Inclusiva, Direito à Diversidade” Juciane Tagliari da Costa, o seminário faz parte de uma proposta do MEC para que as escolas brasileiras possam atender a todas as diversidades na estrutura escolar e em sala de aula, desde o aluno com dificuldades no aprendizado até aquele com superdotação, por exemplo. Juciane informou que o seminário reunirá os profissionais de Educação da região a fim de dar suporte teórico e prático, para o exercício das temáticas abordadas com alunos que apresentam as mais variadas deficiências. “As escolas, hoje, apresentam estrutura para todos, mas os profissionais também precisam de preparação nesse sentido”, destacou.

 

Inclusão com mais abrangência

O programa do Ministério da Educação determina municípios polo, para implantar a Educação Inclusiva nas escolas e auxiliar os municípios de abrangência a desenvolver o projeto. Curitibanos já sediou o seminário em 2005 e 2007, fará este trabalho este ano e já está agendado o quarto, em 2013.

Essa iniciativa entre Secretaria Municipal de Educação e Ministério de Educação visa ampliar a discussão da inclusão, sendo o Ministério responsável em dar aporte financeiro para a realização dos seminários e ações inclusivas e com o material especializado para alunos e professores. A contrapartida do município é trabalhar na organização de seminários e auxiliar os educadores, a melhor maneira de ensinar estudantes com deficiência. Entre os temas que serão abordados no 3º Seminário, estão Educação no Campo, Educação Quilombola, Indígena, Étnico Social, Especial, Altas Habilidades e Superdotação.

O evento é uma realização da Secretaria Municipal de Educação e Ministério da Educação e tem apoio da UnC, UFSC e Centro de Educação Popular Vianei.

 

Programação

  • Segunda-feira (19): 10h30’e14h15’ – Selene Maria Penaforte Silveira – doutora em Educação
  • Terça-feira (20): 9 horas – Jasom de Oliveira – mestre em Educação Indígena

14h15’ – Marcos Rodrigues da Silva – pesquisador e mestre em Educação

  • Quarta-feira (21): 9 horas – Antônio Munarim – doutor em Educação

14h15’ – Geraldo Augusto Locks – doutor em Antropologia Social

  • Quinta-feira (22): 9 horas – Luciane Dias Campos – pesquisadora da Universidade Federal do Ceará
  • Sexta-feira (23): 9h30’ – Eliane Regina Titon Hotz – coordenadora de atendimento às necessidades especiais, altas habilidades/superdotação

* Programação completa com a organização do seminário

FONTE: http://www.adjorisc.com.br/jornais/asemana/curitibanos/seminario-de-educac-o-inclusiva-em-curitibanos-1.1188495#.UKpKaGcazZJ

 


Imagem

CINEPET- O SILÊNCIO DAS ABELHAS


Sepex – Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão

A Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSC é um dos maiores eventos de divulgação cintífica de Santa Catarina.

Desde 2000 o encontro reúne trabalhos desenvolvidos na Universidade em uma mostra científica aberta ao público, montada em frente à Reitoria, no campus da Trindade, em Florianópolis (SC). São aproximadamente 200 estandes com projetos nas áreas de comunicação, cultura, educação, tecnologia, ambiente, trabalho, direitos humanos e saúde. Visitam o pavilhão da SEPEX mais de 50 mil pessoas.

São também realizados durante a SEPEX minicursos abertos à comunidade, palestras e eventos paralelos, como o Seminário de Iniciação Científica.

Desde 2009 a SEPEX ocorre na terceira semana de outubro, integrada à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Minstário de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

A UFSC campus Curitibanos está disponibilizando ônibus para a SEPEX durante os dias 21,22 e 23 de novembro. Maiores informações na secretaria administrativa.

 

Saiba mais: http://sepex.ufsc.br/o-que-e-a-sepex/